24.4.20

Sobre Uma Mulher Perdida, de Willa Cather




«Willa Cather foi uma das maiores romancistas americanas da primeira metade do século XX, equiparável a Theodore Dreiser, Ernest Hemingway e F. Scott Fitzgerald. (…) O seu génio, a meu ver, emerge mais claramente em dois pequenos romances líricos, Minha Ántonia (1918) e Uma Mulher Perdida (1923).» [Harold Bloom, «Génio»]


Uma Mulher Perdida (trad. Paulo Faria) e outras obras de Willa Cather estão disponíveis em https://relogiodagua.pt/autor/willa-cather/

Sem comentários:

Publicar um comentário