31.12.12

Sobre Os Cães e os Lobos, de Irène Némirovsky




Na Sábado de 27 de Dezembro, Eduardo Pitta escreve sobre Os Cães e os Lobos, de Irène Némirovsky. No blogue Da Literatura anuncia: «A biografia de Irène Némirovsky é o grande romance da história europeia da primeira metade do século XX. (…) Embora convertida ao catolicismo em 1939, o regime de Vichy recusou-lhe a nacionalidade francesa, impediu-a de publicar e ao marido de exercer a profissão de banqueiro. Presa e deportada em 1942, Irène Némirovsky morreu em Auschwitz ao fim de dois meses (o marido foi executado em Novembro). Os Cães e os Lobos centra-se nos empecilhos da hierarquia social, que a autora descreve com exemplar argúcia.»

Sem comentários:

Publicar um comentário