12.7.17

Recomendação de Verão do Expresso





«Viagem à roda de um homem fracassado que faleceu, contada post-mortem pelo próprio, Brás Cubas é um dos maiores romances em língua portuguesa: “rabugens de pessimismo” em capítulos curtos e inventivos. Um tour de force que merece fiar ao lado do Tristram Shandy de Sterne, que Machado tanto admirava.» [Pedro Mexia, Expresso, E, 8/7/17]

Sem comentários:

Publicar um comentário