21.5.10

Novidade • Henry Green • Amores



AMORES
Henry Green


Tradução de José Miguel Silva
PVP €16


Passado num solar durante a II Guerra Mundial, Amores é uma história sobre a vida de uma aristocracia em declínio e das relações entre os seus numerosos criados.

«Um dos melhores escritores ingleses.»
[W. H. Auden]


«Os livros de Green permanecem tão sólidos e brilhantes como pedras preciosas.»
[Anthony Burgess]




Henry Green era o pseudónimo de Henry Vincent Yorke, que nasceu em 1905 perto de Tewkesbury, em Gloucestershire, na Grã-Bretanha. Estudou em Eton e Oxford e tornou-se depois director de uma empresa de engenharia. O seu primeiro livro, Blindness (1926), foi escrito quando andava na escola e publicado na altura em que frequentava Oxford. Durante a II Guerra Mundial foi bombeiro em Londres. Entre 1926 e 1952 escreveu nove romances, Blindness, Living, Party Going, Caught, Amores, Back, Concluding, Nothing e Doting, e um livro de memórias, Pack My Bag.
Henry Green morreu em 1973.



Sem comentários:

Publicar um comentário