15.1.20

Sobre Uma Princesinha, de Frances Hodgson Burnett




Quando o pai de Sara Crewe a traz da Índia para Londres e a inscreve na escola de Miss Minchin, ela não faz ideia de como a sua vida se irá alterar. Apesar de os seus privilégios se manterem inicialmente, a trágica morte do pai e a evolução dos seus negócios alteram tudo.
Numa inversão dramática da conhecida fórmula ficcional «pobre fica rico», Sara passa do privilégio à penúria em apenas um dia. Agora já não é uma princesa, mas uma pedinte, e depende apenas do poder da imaginação, do otimismo e da bondade que demonstra a estranhos para sair da situação em que se encontra.
Depois de ser expulsa do conforto do seu quarto, Miss Minchin encaminha-a para o seu novo lar: um sótão isolado, frio e desesperante. Terá, além disso, de desempenhar árduas tarefas de manutenção na escola.
Mas se a humildade, paciência e dignidade são virtudes a recompensar, será que Sara conseguirá reverter mais uma vez a sua situação?
Uma Princesinha é um drama intenso e intemporal sobre o poder transformador do pensamento e da imaginação.

«Um livro resplandecente, belo e encantador.» [New York Times]

«Uma Princesinha recria de forma exímia o efémero mundo da infância: um reino encantado onde tudo, até o faz-de-conta, é possível.» [Washington Post]

Uma Princesinha (trad. Rita Carvalho e Guerra ) e O Jardim Secreto (trad. Maria de Lourdes Guimarães) estão disponíveis em https://relogiodagua.pt/autor/frances-hodgson-burnett/

Sem comentários:

Publicar um comentário