23.9.19

Sobre Residência na Terra,de Pablo Neruda




«Depois desta obra, a poesia de Neruda cresceu com uma abundância que talvez tenha surpreendido o poeta que demorou cerca de dez anos para escrever estes 56 poemas de Residencia en la tierra, para mim o melhor dos seus livros e uma pedra fundamental da poesia de língua espanhola da primeira metade do século XX.» [Do Prólogo de José Bento a Residência na Terra]


De Pablo Neruda, a Relógio D’Água publicou também Vinte Poemas de Amor e Uma Canção Desesperada e Antologia.

Sobre A Chama, de Leonard Cohen




A Chama, de Leonard Cohen, é um legado de poemas, canções, desenhos e versos dispersos, às vezes registados em cadernos de apontamentos e até guardanapos de papel. 
É uma despedida deliberada, que evita os sentimentalismos.
Pouco antes da sua morte em novembro de 2016, Leonard Cohen disse em entrevista: «Estou preparado para morrer. (…) A certa altura, e se estás ainda na posse das tuas capacidades, (…) tens de aproveitar a oportunidade para deixar tudo em ordem. Talvez seja um cliché, mas subestima-se o seu poder analgésico. Deixar tudo em ordem, quando se pode fazê-lo, é uma das atividades mais reconfortantes, e os benefícios são incalculáveis.»
Esta despedida de Cohen, que recolhe textos já publicados e inéditos, evidencia a variedade dos talentos de um romancista, poeta e cantor singular, lírico e filosófico, terno e corrosivo, feroz e generoso. Inclui novos poemas sobre a guerra, o arrependimento e a amizade, as letras das canções dos seus últimos quatro álbuns, fragmentos dos cadernos que guardou desde a adolescência e uma série de autorretratos e outros desenhos.
No conjunto, reflete uma sensibilidade que oscila entre o carnal e o místico, a melancolia e o apego à vida, a irreverência e o ceticismo, o perfil de alguém que enfrentou a morte com a mesma inteireza com que viveu.


A Chama (trad. Inês Dias) está disponível em https://relogiodagua.pt/produto/a-chama/

Sobre «Sobre a Revolução», de Hannah Arendt




Disponível em www.relogiodagua.pt e a chegar às livrarias: Sobre a Revolução, de Hannah Arendt (trad. I. Morais)

Sobre a Revolução permite uma compreensão histórica da diferente natureza dos sistemas políticos actuais nos EUA e na Europa. Neste livro, Hannah Arendt debruça-se sobre os princípios que subjazem a todas as revoluções, começando pelos grandes primeiros exemplos da América e de França e mostrando como a teoria e a prática da revolução evoluíram desde então.

«Os admiradores de Hannah Arendt vão ver com agrado a sua incursão neste domínio relativamente negligenciado da revolução comparada. Nunca é maçadora, mas imensamente erudita, sempre imaginativa, original e plena de intuições.» [Sunday Times]


Esta e outras obras de Hannah Arendt estão disponíveis em https://relogiodagua.pt/autor/hannah-arendt/

22.9.19

Sobre De Bicicleta




Este livro reúne alguns dos mais interessantes escritos literários sobre a bicicleta publicados nos últimos cem anos. São vinte e dois autores reunidos para celebrar alegrias, dores e possibilidades de um meio de locomoção, de um desporto e de uma arte que conhece actualmente um novo fôlego.


De Bicicleta (trad. de Júlia Ferreira e José Cláudio) está disponível em https://relogiodagua.pt/produto/de-bicicleta-antologia-de-textos/

Feira do Livro do Porto 2019: Livros do Dia 22 de Setembro





A Arte da Guerra, de Sun Tzu
As Aventuras de Huckleberry Finn, de Mark Twain
Os Irmãos Karamázov, de Fiódor Dostoievski

A Amiga Genial, de Elena Ferrante

21.9.19

Feira do Livro do Porto 2019: Livros do Dia 21 de Setembro





Livro do Desassossego, de Fernando Pessoa
A Condição Humana, de Hannah Arendt
Ulisses, de James Joyce

Contos, de Beatrix Potter

20.9.19

Sobre O Quarto de Marte, de Rachel Kushner




«Kushner mergulhou no sistema prisional americano para escrever esse livro. O resultado é um retrato bem feito e profundo do que pode significar nascer mulher e muito pobre nos Estados Unidos. […]
Kushner tem alma de poeta, e faz do final de seu livro quase um poema triste sobre esperança, ainda que quase ilusória.» [Teté Ribeiro, «Folha de S. Paulo», 17/9/2019, a propósito da edição brasileira de «Mars Club». Texto completo em https://www1.folha.uol.com.br/ilustrada/2019/09/obra-sobre-prisao-feminina-faz-um-retrato-poetico-da-esperanca.shtml ]


«O Quarto de Marte» (trad. José Miguel Silva) e outros livros de Rachel Kushner estão disponíveis em https://relogiodagua.pt/autor/rachel-kushner/