15.5.19

Sobre A Dominação Masculina, de Pierre Bourdieu




A dominação masculina está de tal modo inserida no nosso inconsciente que deixámos de nos aperceber dela. 
A descrição etnográfica da sociedade cabila, expressão cristalizada do inconsciente mediterrâneo, fornece um instrumento poderoso para pôr em causa as evidências e analisar as estruturas simbólicas desse androcentrismo que persiste nos homens e mesmo nas mulheres dos nossos dias. 

Mas a descoberta da persistência dessas estruturas coloca o problema de saber quais são os mecanismos e as instituições, família, Igreja, Escola, Estado, que asseguram a sua reprodução, e suscita a interrogação: será possível neutralizá-las para libertar as forças de mudança?

Sem comentários:

Publicar um comentário