11.3.19

Sobre Peter Pan, de J. M. Barrie




Era uma noite de sexta-feira. Os Darling jantavam em casa de uns amigos e a cadela Nana ficara presa no pátio. O caminho estava livre para Peter Pan, o rapaz que se recusava a crescer, vir buscar a sua sombra e levar os pequenos Wendy, John e Michael para a Terra do Nunca. Uma ilha encantada, povoada de sereias, peles-vermelhas e piratas, capitaneados pelo sinistro Jaime Gancho, e onde se vai desenrolar uma bela história de iniciação.
O autor do livro, James Matthew Barrie (1860-1937) nasceu na Escócia. Estudou em Glasgow e depois na Universidade de Edimburgo, antes de se fazer jornalista em Nottingham, profissão que continuou em Londres. Publicou poemas, peças de teatro e romances.
Peter Pan — que teve continuação em Peter Pan in Kensington Gardens (1906) — é a mais conhecida das suas obras. Começou por ser uma peça de teatro em 1904, só mais tarde conhecendo a sua forma definitiva.

Sem comentários:

Publicar um comentário