17.3.16

Relógio D’Água publica obra inédita de Umberto Eco




 

A Relógio D’Água vai publicar a obra que Umberto Eco deixou inédita, Pape Satàn Aleppe, que tem o subtítulo Crónicas de uma sociedade líquida.
A tradução será de Jorge Vaz de Carvalho, que traduziu já diversas obras de Umberto Eco, nomeadamente a sua última novela, Número Zero.



Depois de ter já publicado Sobre Literatura e Apocalípticos e Integrados, a Relógio D’Água acaba de editar Cinco Escritos Morais.
Até final do ano sairão ainda Sobre os Espelhos e Outros Ensaios, O Super-Homem das Massas e Obra Aberta.

Sem comentários:

Publicar um comentário