7.1.14

Ana Teresa Pereira em crónica de José Mário Silva



 

Na Ler de Janeiro de 2014, a crónica de José Mário Silva é sobre um «ramo de junquilhos», que é um outro modo de dizer sobre As Longas Tardes de Chuva em Nova Orleães, de Ana Teresa Pereira. «Reler sem intervalo, à velocidade do condor (lá no alto, abrangendo o todo) e depois à da toupeira (mergulhando na terra, entre as raízes), faço-o geralmente com os livros de poesia. E também, constato agora, com as novelas de Ana Teresa Pereira. Aconteceu outra vez: no fim de As Longas Tardes de Chuva em Nova Orleães volto à página 9.»

Sem comentários:

Publicar um comentário