20.5.19

Sobre Party * A Casa — Diálogos, de Agustina Bessa-Luís




Disponível em www.relogiodagua.pt e a chegar às livrarias: Party * A Casa, de Agustina Bessa-Luís.

«A propósito dos diálogos que agora se publicam, escritos por Agustina Bessa-Luís sob o título A Casa e oferecidos, com data de 2 de Setembro de 1981, “ao Manoel de Oliveira e à Maria Isabel, com um abraço” para integrar o filme Visita ou Memórias e Confissões, diz o realizador que não conhece “ninguém que tenha mudado tantas vezes de casa como a Agustina”. E mais confidencia que “com respeito a casas” são muito diferentes: ele seria “muito mais o gato” e Agustina “muito mais o cão”. Se o prodigioso diálogo criativo em que ambos se empenharam muitas vezes se pareceu, de facto, a um despique de cão e gato — colaborações de que resultaram, talvez por isso mesmo, algumas das mais notáveis realizações literárias e cinematográficas de um e doutro —, aqui convergem num idílico consenso. Agustina reconhece que este filme é um dos seus preferidos, como confirma que ao longo da sua vida mudou efetivamente dezanove vezes de casa.» [Do Prefácio de António Preto a A Casa]

Sem comentários:

Publicar um comentário