10.5.16

Sobre O Aroma do Tempo, de Byung-Chul Han




«Neste “ensaio filosófico sobre a arte da demora”, Han, pensador germano-coreano que a Relógio D’Água tem vindo a publicar, defende que um dos aspetos da crise da sociedade atual não é a aceleração do tempo, mas a sua fragmentação, criadora de caos e dessincronia. De que forma podemos inscrever-nos no tempo? Que fazer para lhe voltar a dar um sentido? O livro abre caminhos estimulantes para uma discussão cada vez mais necessária.» [Expresso, E, 7-5-2016]


De Byung-Chul Han, a Relógio D’Água publicou também A Agonia de Eros, A Sociedade do Cansaço, A Sociedade da Transparência e Psicopolítica.

Sem comentários:

Publicar um comentário