19.4.16

Sobre História da Menina Perdida, de Elena Ferrante





«É a conclusão de um imenso romance que um pouco por todo o mundo foi apaixonando e arrastando um caudal de leitores rendidos à mestria de Elena Ferrante como narradora ao mesmo tempo que se disseminavam, teorias sobre a identidade da mulher por detrás da obra. Quase um romance paralelo que ao contrário de Amiga Genial vai continuar sem solução à vista pois os tempos pedem estes pequenos mistérios como pão para a boca.
Para o sucesso da edição portuguesa contribuiu muito o talento da tradutora Margarida Periquito.» [Rui Lagartinho, Time Out, 30/3/2016]

Sem comentários:

Publicar um comentário