24.10.14

Sobre Henderson, o Rei da Chuva, de Saul Bellow



 

«Quando publicou este livro (ano de 1959), Saul Bellow vivia ainda a euforia suscitada pela sua obra-prima, As Aventuras de Augie March, publicada seis anos antes. Foi nesse ambiente de glória que lhe surgiu a inspiração para aquele que é o seu texto mais delirante, arriscado e controverso – como se o autor norte-americano (1915-2005) tivesse querido provocar a própria crítica bem-pensante que o havia aclamado (efeito que aliás conseguiu abundantemente).» [Ricardo Dias Felner, Time Out, 08-10-2014]

Sem comentários:

Publicar um comentário