20.3.14

Sobre Obras Escolhidas I, de Virginia Woolf







«Um dos nomes icónicos do modernismo – a par de Marcel Proust e James Joyce, pesem alegadas incompatibilidades, nomeadamente com o segundo –, Virginia Woolf tem vindo a ser editada pela Relógio D’Água em traduções cuidadosas que os leitores foram saboreando ao longo dos anos. Agora, quatro dessas traduções surgem reunidas num único volume, o primeiro de uma série de Obras Escolhidas da escritora. (…) Qualquer destes livros é uma obra-prima e um testemunho vivo da linguagem contra o cliché e o mau gosto.» [Luís M. Faria, Expresso, Atual, 8-3-2014]

Sem comentários:

Publicar um comentário