18.9.12

Sobre Reviver o Passado em Brideshead, de Evelyn Waugh






No site Pnet Literatura, Guilherme d’Oliveira Martins escreveu uma crónica em que refere Reviver o Passado em Brideshead, de Evelyn Waugh: «… é um retrato de Inglaterra na primeira metade do século XX. A partir do romance de uma casa e da história de uma família. Sente-se a guerra europeia, as contradições da industrialização e da tradição, o anglicanismo e o catolicismo, a crise da velha nobreza, a decadência das casas antigas e do que significavam, mas também as reminiscências da honra, da dignidade e também do dogmatismo em ligação com a esperança. Contudo, a Graça divina vai emergindo subtilmente, uma vez que a esperança, a honra e a dignidade não permitem a indiferença.»


O texto completo pode ser lido aqui.

Sem comentários:

Publicar um comentário